AACI solicita implantação de bicicletário no Centro Administrativo do Cambeba para atender servidores e visitantes




0
15
(Imagem: modelo de bicicletário anexado ao Ofício 01/2018 - AACI / Asseplag / Associdades)
A Associação dos Auditores de Controle Interno do Estado do Ceará (AACI) solicitou a implantação de um bicicletário para atender servidores e demais cidadãos que se deslocam ao Centro Administrativo do Cambeba, por meio de ofício encaminhado no último dia 23 de agosto, ao secretário do Planejamento e Gestão, Francisco de Queiroz Maia Júnior. O pedido foi realizado com a Associação dos Servidores da Secretaria do Planejamento e Gestão (Asseplag) e Associação dos Servidores da Secretaria das Cidades (Associdades).
Conforme o documento, a solicitação é para a instalação de um paraciclo nas proximidades do Edifício Seplag, com a sugestão de um equipamento que seja suficiente para o estacionamento de 40 bicicletas. O pedido decorre da necessidade da existência de um local adequado e seguro para a guarda do veículo. Atualmente os ciclistas colocam o transporte de maneira desordenada em diversos locais da área de estacionamento do edifício mencionado, utilizando, inclusive, áreas destinadas aos veículos automotores.
As referidas associações consideram que o incentivo ao uso da bicicleta como transporte converge com os valores do Governo do Estado do Ceará, de contribuir para qualidade de vida de seus colaboradores e a preservação do meio ambiente, e sugerem três possíveis locais para a colocação do aparato, no Centro Administrativo. No caso, o estacionamento próximo à Secretaria das Cidades (SCidades), próximo à sala dos motoristas do Edifício Seplag, e nas proximidades do estacionamento dos coordenadores do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).
No ofício consta também a recomendação da adaptação de dois banheiros, com distinção de gêneros, para os colaboradores que se deslocam ao ambiente de trabalho usando a bicicleta como veículo, além da disponibilização de armários com capacidade para a guarda dos equipamentos dos ciclistas, tais como, capacete, luvas e mochilas.
Por fim, informa-se no documento, que a solicitação não entra em conflito com qualquer tratativa que possa estar sendo realizada com o sistema de bicicletas públicas de Fortaleza (Bicicletar), devido à demanda solicitada ser destinada aos cidadãos que possuem bicicletas próprias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here