Campanha Setembro Amarelo aborda a importância do diálogo para a conscientização sobre a prevenção ao suicídio




0
4
O Setembro Amarelo é um movimento realizado pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM). A campanha tem o objetivo de incentivar a conscientização sobre a prevenção ao suicídio, visando garantir visibilidade à causa. A iniciativa, trazida para o Brasil em 2014, visa à conscientização, à desmistificação e à prevenção ao suicídio.
O suicídio é uma das principais causas de mortalidade no Brasil e no mundo. O tema da campanha este ano, “Agir salva vidas”, aborda a importância de falar a respeito da prevenção, tendo a informação como um dos principais meios de transformar o cenário no País.
O Centro de Valorização da Vida (CVV) realiza apoio emocional e prevenção ao suicídio, atendendo voluntariamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo, por telefone, e-mail e chat, 24 horas, todos os dias.
No Brasil, o suicídio é considerado um problema de saúde pública e a sua ocorrência tem aumentado muito entre os jovens. Todos os dias cerca de 32 pessoas dão fim à própria vida. Esse número corresponde a uma morte a cada 45 minutos. Um estudo feito pelo CVV apontou que um grupo de até 20 pessoas é impactado diretamente a cada suicídio.
Ao longo dos últimos anos, escolas, universidades, entidades do setor público e privado e a população de forma geral se envolveram nesse movimento que vai de Norte ao Sul do Brasil. A Associação dos Auditores de Controle Interno do Estado do Ceará (AACI) apoia e se solidariza com essa campanha.
Para mais informações, acesse: www.setembroamarelo.org.br
Cartilha “Suicídio: informando para prevenir”: http://www.flip3d.com.br/web/pub/cfm/index9/?numero=14#page/3
Para buscar ajuda, acesse: www.cvv.org.br/quero-conversar/
Para conversar com um voluntário do CVV, ligue para 188 de todo o território nacional. O atendimento funciona 24 horas, todos os dias, de forma gratuita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here